Doença de Peyronie



Existem 2 tipos de deformidade: o pênis curvo congênito, quando a criança já nasce com o problema, e a Doença de Peyronie, que é uma curvatura adquirida. Esta é mais comum em homens com idade acima de 40 anos.

A Doença de Peyronie pode estar associada à um trauma peniano e/ou à disfunção erétil. Manifesta-se através de fibroses, que também podem provocar redução de tamanho, afinamentos ou acinturamento no pênis.

Pode ser cirúrgico ou com medicamentos, irá depender da análise de um especialista após a estabilização da curvatura, que geralmente ocorre em 6 meses. É importante avaliar o grau da tortuosidade, a capacidade de ereção, bem como se o pênis diminuiu ou afinou. O uso da TÉCNICA EGYDIO é essencial nesses casos.

Dr wellington Alves Epaminondas

Especialista na área da Andrologia, especializado em tratamento de transtornos sexuais e terapia de reposição hormonal, Pós-Graduado em Fisiologia Humana – Faculdade Maurício de Nassau – 2016, em São Paulo.

Saiba mais
Problemas devem ser tratados por um Andrologista
VEJA TAMBÉM OUTROS TRATAMENTOS